Porque magoamos quem amamos
Teorias

Porque Magoamos Quem Mais Amamos?

Porque magoamos uma pessoa de quem gostamos e não sabemos explicar como?

Nós não queríamos magoar ninguém, mas também não conseguimos ficar calados.

Na verdade, até só gostávamos que a outra pessoa percebesse o nosso ponto de vista e que melhorasse numa ou noutra coisa.

Mas lembram-se de já vos ter dito diversas vezes que é muito difícil mudar alguém?

Às vezes esse pequeno pormenor fica esquecido e o pior acontece: A outra pessoa não compreende a nossa maneira de pensar, porque não se acha errada, e acabamos por nos magoar a nós e a ela.

O sentimento de frustração apodera-se inevitavelmente do nosso corpo e da nossa alma e as energias vão-se!

Para quê? O que ganhámos com isso?

Nada!

Amizade
Tenta sempre perceber e interpretar as palavras da outra pessoa para chegarem a um entendimento
Magoamos alguém por puro egoísmo de não percebermos que a mudança é impossível, o máximo que pode existir é um ajuste de personalidade.

Os milagres não acontecem!

O respeito pelos outros e pelo seu espaço é fundamental numa convivência, mas sobretudo o respeito por nós próprios.

Não sou apologista de que devemos ficar calados, porque como se costuma dizer “é a conversar que a gente se entende”, mas também tenho noção que às vezes falamos demais e sem pensar.

Quando digo isto, quero dizer que também temos de nos colocar no papel dos outros antes de chutar cá para fora o que queremos.

É fundamental fazermos isso todos os dias da nossa vida quando lidamos com pessoas: Sair do nosso corpo e tentar interpretar aquela “personagem”.

Imaginar o que ela pensa, o que ela viveu, os seus gostos, os seus desgostos e até ter noção da sua experiência de vida.

Só depois de termos a sua biografia bem detalhada podemos agir.

Se é fácil? Nem pensar.

Mas podemos evitar ressentimentos.

Encerra Assuntos
Encerra assuntos que já não merecem mais destaque na tua vida

A consideração também é outro aspeto fundamental para não magoarmos alguém.

Porque magoamos quem mais gostamos?

Porque são pessoas com quem estamos mais à vontade. São, por norma, familiares, colegas de trabalho ou amigos com quem temos uma enorme ligação.

Às vezes, essa ligação ultrapassa barreiras. Não pode acontecer!

Aí vem a consideração. Consideração pelo que já foi vivido, sobretudo os momentos bons. Esses são sempre os que interessam!

Claro que se é uma pessoa que já te fez assumidamente mal, já não há consideração a ter.

Muitas vezes achamos que foi um mal propositado e isso pode estar errado.

Tirando pessoas muito, muito más que procuram alcançar objetivos sem trabalho e sem amor ao próximo, desconheço que exista alguém que te faça mal só porque sim.

O que acontece na maioria das vezes é existir um grande mal entendido, por isso é que é imprescindível também falarmos sobre o que nos magoa.

A comunicação é necessária para as pessoas perceberem o nosso ponto de vista e conseguirem evitar situações de mal estar.

Lavar roupa suja já nem no tanque!

É tão feio ir buscar argumentos que já ficaram esquecidos apenas para atingir o outro!

O ser Humano tem sentimentos inexplicáveis e eu sei que falar é mais fácil do que agir, mas é tão importante criarmos um filtro à volta da nossa pessoa e nem nos deixarmos atingir a nós, nem aos outros. 

Se amamos, porque magoamos?

Porque a perfeição não existe e somos muito mais intolerantes com essas pessoas do que com as outras.

Claro que isso não está correto, mas como mudar?

Ouvir os outros, aprender a comunicar e a não ter medo de errar é fundamental.

Acompanhem-me também no Instagram e no Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: